Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

A morte de Chester Bennington, depressão não é frescura

Não sou fã de Linkin Park, nem mesmo era uma de minhas bandas preferidas, mas fez parte do início da minha adolescência, período em que o seu sucesso era quase que absoluto em meio aos jovens então de minha faixa etária. Não digo também que não ouvia as músicas da banda, nas rádios , na antiga MTV e mesmo as reuniões com amigos e colegas sempre acabavam tendo uma (ou várias) canção do grupo presente, enfim, é uma banda que respeito e sei de sua importância no cenário musical, mas não é o tipo de banda que me empolga.       O fato importante neste momento não é discutir os termos musicais, mas sim o trágico momento que parece prenunciar um encerramento prematuro da banda, assim como se encerra de forma prematura a vida de Chester Bennington, o vocalista foi encontrado morto em sua casa na Califórnia na última quinta-feira (20). A morte de Bennington abre mais uma vez a discussão sobre a depressão, o cantor que lutou durante anos contro o vício em álcool e drogas, repete o triste …

Últimas postagens

Falando sobre música: o que o rock representa na minha vida

Falando sobre música: O rock argentino

Encontros musicais: Tom Jobim

Vamos falar de música

Justiça com as próprias mãos

Extremismo, o sentimento distante que mora ao lado

Castelo Rá-Tim-Bum no Memorial da América Latina, uma visita à infância

A difícil missão de ser jornalista

Arco misterioso

Transporte público em Osasco, um teste de paciência